fbpx

Primeira etapa da educação básica, a educação infantil é um momento de extrema importância para a formação das crianças. Seu desenvolvimento educacional precisa integrar e abranger aspectos físicos, afetivos, intelectuais, linguísticos e sociais.

As atividades precisam atuar como facilitadoras no processo de aprendizagem e garantam a formação integral do individuo.

Nesse momento é essencial que o material didático auxilie o professor e favoreça conteúdos alinhados às propostas pedagógicas da escola e ao nível de desenvolvimentos dos alunos, já que aulas precisam promover alguns estímulos específicos às crianças.

Para auxiliar você, educador, na elaboração dos planos de aula, elencamos a seguir 5 fatores essenciais a serem trabalhados durante a educação infantil.

1. Estímulo a vivência prática e a oralidade

balloon-898682_1280

Embora a criança ainda não seja alfabetizada nessa etapa da aprendizagem infantil, é importante que ela seja pouco a pouco inserida em atividades que envolvam linguagem e construção de saberes contextuais.

A vivência prática e a oralidade, dessa forma, assumem o papel de estimular a capacidade da criança de fazer associações e interpretações baseadas nas suas experiências culturais e sociais.

E nada mais são do que a prática sistemática de hábitos já cotidianos ao universo familiar delas. Por exemplo, muitas crianças conseguem identificar marcas como “Coca-cola” ou mesmo “Passatempo” (o biscoito) sem necessariamente ter aprendido a ler, pela associação concebida em seu dia a dia.

Essa habilidade de reconhecer e compreender é conectada com a oralidade, que é o costume com os sons das palavras. Podendo ser desenvolvida através de poemas, histórias e leitura em geral.

No nosso Sistema de Ensino Interativo Frei.re, por exemplo, a vivência prática e da oralidade ganha destaque a nos livros didáticos: poemas e histórias narradas (já integradas a nossa versão digital dos materiais) sustentam o conteúdo da unidade que é trabalhada articulando-se com experiências e conhecimentos cotidianos aos alunos.

2. Regionalismo Cultural

poster-814543_1280

A construção do conhecimento em crianças possui ampla conexão com o ambiente no qual ela está inserida, isso acontece porque a assimilação é facilitada quando a criança percebe que o assunto abordado é vivenciado, tratado em seu cotidiano.

Desse modo, adequar as atividades propostas à cultura da criança, com cantigas, costumes, hábitos, lugares ou comidas daquela região podem acelerar o aprendizado e contribuir com a inserção da criança no meio, contribuindo no seu senso de pertencimento a sociedade.

Por exemplo: no Nordeste existe o costume da festa de São João. Ao propor atividades com musicas juninas nessa região as crianças compreendem melhor o conteúdo passado por ser algo já visto em seu dia a dia.

Do mesmo modo, crianças cariocas aprenderiam melhor e se sentiriam mais à vontade com o conteúdo com atividades relacionadas às escolas de samba do Rio.

3.Estímulo a criatividade

hammer-game-201121_1280

Desde cedo é importante que as crianças sejam estimuladas a desenvolver sua capacidade criativa, já que o desenvolvimento dessa habilidade está diretamente ligado a sua capacidade de solucionar problemas e superar obstáculos.

O despertar da imaginação pode ser trabalhado através de atividades que fujam da rotina e as estimulem a desenvolver ideias e explorar situações. Isso pode ser trabalhado por exemplo, com o realização de atividades artísticas ou mesmo com passeios e contação de histórias.

Outra estratégia interessante pode ser vista no nosso Sistema de Ensino, que promove o estimulo a criatividade com a utilização frequente de desafios que instigam e incentivam o crescimento e desenvolvimento do aluno.

4. Uso do digital, do visual e do interativo

ipad-632512_1280

Animações, jogos, músicas e histórias narradas são sinônimos de turmas mais engajadas. E hoje em dia, como parte do cotidiano das crianças desde cedo são estratégias facilitadoras na construção do conhecimento.

Ao mesmo tempo que atraem a atenção dos alunos, o uso desse recursos consegue promover de maneira mais lúdica e divertida a construção de conceitos, ou mesmo atuar no desenvolvimento de habilidades e competências.

É importante, porém, que essas estratégias estejam bem estruturadas para que a atividade gere de fato, o aprendizado do aluno e não sejam vazias em essência.

No sistema de ensino Frei.re, por exemplo, aliamos ao livro físico do material didático uma versão digital recheada de atividades, jogos, animações e músicas, que auxiliam o trabalho do professor com diversos exercícios interativos. Como complementam o conteúdo trabalhado em sala pelo material didático, as atividades acabam fortalecendo a difusão do conhecimento ao mesmo tempo que motivam os estudantes.

5. Princípios éticos

family-469580_1280

A ética nada mais é do que um conjunto de decisões, princípios e valores que orientam as relações humanas.

Na educação infantil ela exerce um papel fundamental: oportunizar à criança uma melhor integração social ao colégio, minimizar preconceitos e inibições e ainda auxiliá-la na conquista da cidadania em sua plenititude.

Nesse sentido, é importante desde cedo a valorização de uma educação que estimule princípios de autonomia, de responsabilidade, de solidariedade e do respeito ao bem comum. Esses princípios éticos devem fomentar ainda, o respeito ao meio ambiente e às diferentes culturas, identidades e singularidades.

Para isso, práticas pedagógicas que incentivem o respeito em seus diversos níveis (individual, ao outro e ao seu ambiente) devem ser praticadas, com atividades e exercícios que construam o agir ético desde a primeira infância.

Como andam suas aulas? Você tem estimulado algum desses fatores?

adorable boy studying
Nem sempre é fácil montar planos de aula que abarquem todos esses fatores sistematicamente ao longo do ano, e por isso materiais pedagógicos de qualidade são ferramentas indispensáveis aos professores. A troca de conhecimento em sala pode ser comprometida com uma má escolha de material.

Pensando nisso e levando em conta o Referencial Curricular Nacional, nós da Escribo desenvolvemos o Frei.re, um sistema de ensino especialmente direcionado a educação infantil.

Se você quiser testar a versão digital e interativa agora mesmo, basta clicar nesse link para acessar.