Blog de inovações para o aprendizado

O layout das salas ajuda no aprendizado?

Nos últimos dias estive visitando algumas escolas e conversei com diretores, coordenadores e professores sobre o layout físico das salas de aula.

Nesse vídeo vamos falar um pouco sobre como a arrumação, a iluminação, o som e os aromas das salas de aula podem ajudar o trabalho dos professores e o aprendizado dos alunos. Abaixo você pode conferir a transcrição completa dele.

A influência do stress no aprendizado das crianças

  Hoje vamos falar sobre a influência do no stress aprendizado das crianças. Este vídeo é um resumo do artigo "Journal of adolescent heath" de Carrion, V. G e Wong, S.S. que foi publicado em 2012. Alguns pesquisadores já tinham uma suspeita de que experiências...

Como escolher material didático para a educação infantil?

Com a aproximação de mais um ano escolar professores e gestores precisam selecionar os materiais didáticos a serem adotados pelo colégio. A tarefa, apesar de habitual, não pode ser tratada descaso: um material mau escolhido compromete não apenas a rotina em sala, mas está diretamente atrelado a qualidade de ensino da instituição.

O ano de 2016 em especial traz um agravante ainda maior. A atual crise financeira vivida pelo Brasil tem gerado complicações para a escolha do material curricular. O que deve ser priorizado na escolha desses materiais? Que elementos compensarão o investimento e deixarão pais e alunos satisfeitos? →

Duas das escolas mais inovadoras do mundo

Quantas escolas inovadoras você conhece?

No último texto comentamos sobre a necessidade de inovar para promover um desenvolvimento educativo de maior qualidade. E que a inovação não precisa necessariamente estar atrelada a reformas que mudem toda estrutura escolar de uma só vez, mas pode ser gradativa.

A título de inspiração, no entanto, trazemos hoje o exemplo de duas escolas que revolucionaram a educação no cenário em que atuam. Suas ideias, arquitetura e organização são referências mundiais, dada a singularidade e resultados.

As 5 Principais Tendências para Educação em 2016

Com o avanço da tecnologia, o ensino tradicional pouco a pouco tem se modernizado. As escolas, atentas à popularização das ferramentas de informação e comunicação, investem cada vez mais em novo métodos de ensino e aprendizagem que atendam às demandas atuais dos estudantes.

A seguir, listamos algumas tendências de mudanças para a educação brasileira que devem ser fortalecidas em 2016. Tais rumos, ainda que incipientes na realidade do país, carregam consigo um enorme potencial de crescimento dado seu alto grau de impacto educacional. →

A melhor decisão para os Anos Iniciais de sua escola em 2016

Crises econômicas são momentos delicados em todos os setores, a recessão da economia provoca um estado de alerta imediato nas instituições.

Nas escolas o clima não é diferente. Diretores e gestores precisam lidar com expectativas de pais e alunos para um ano letivo que sairá inevitavelmente mais caro. Controlar o valor da mensalidade e da lista de materiais nunca foi tão importante.

A questão chave está em propiciar diferenciais significativos. Promover iniciativas didáticas que sejam muito valorizadas por pais e alunos e compensem o investimento. O que isso quer dizer? →

A Escribo é finalista do Prêmio Jabuti 2015 na categoria Livro Infantil Digital

A Câmara Brasileira do Livro, há 57 anos, decidiu premiar as melhores obras anualmente, a fim de estimular a cadeia criativa e produtiva de livros no país. O nome do prêmio, Jabuti, surgiu da vontade de valorizar a cultura brasileira, extraindo a inspiração de um personagem das histórias de Monteiro Lobato.

No prêmio desse ano, a Escribo foi eleita uma das finalistas na categoria Livro Infantil Digital com a obra Turma do Som, criada pela autora Cecília Cavalieri França. →

Tecnologia e ensino de qualidade precisam andar juntos, segundo pesquisa

Incentivar a tecnologia em sala de aula nem sempre leva a um melhor desempenho educacional para os alunos, é o que diz um novo estudo publicado pela Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE).

A pesquisa sugere que isso tem acontecido porque apesar das adições tecnológicas advindas com o século 21, as práticas de ensino do século 20 acabam estagnando o potencial proporcionado por essas tecnologias, diminuindo a eficácia do ensino. →

Siga nossas redes sociais para saber mais sobre inovações para o aprendizado