fbpx

O grande desafio para as escolas atualmente é se destacar entre tantas opções e driblar a competitividade do mercado, de forma que possa atrair pais e alunos.

  • Como garantir que sua escola seja considerada uma boa opção pelas pessoas região?
  • O que você responde para os pais quando eles perguntam por que deveriam escolher sua escola?
  • Como convencê-los de que eles podem confiar na sua proposta?

Nos ramos da indústria, do comércio, nas instituições de caridade e em alguns setores de universidades privadas, as questões acima existem há muito tempo e seus departamentos de marketing trabalham duro para respondê-las. Para essas organizações, marketing não é só sobre divulgar a marca e organizar eventos.

Existe uma abrangente pesquisa por clientes em potencial e uma investigação sobre suas necessidades e desejos por trás da forma como eles comunicam suas mensagens. Mensagens essas que são efetivamente comunicadas por uma vasta gama de métodos, desde as redes sociais e websites à encontros realizados pessoalmente com líderes e investidores locais.

Mas o problema é que as escolas não conseguem se adaptar aos preceitos do marketing por alguns motivos, como o tamanho da empresa, falta de experiência e também devido aos livros clássicos de marketing não serem de fácil adaptação para a realidade das escolas.

Lidar com pais, alunos e estudantes é um desafio bastante específico. Para isso, existe um modelo específico que deve ser considerado: o Ciclo de Marketing.

ciclo

Créditos: Simon Hepburn

Criado pelo especialista Simon Hepburn, o Ciclo de Marketing para Escolas é um modelo prático que pode ajudar os gestores tanto em focar no que realmente importa para a comunidade escolar quanto para comunicar isso.

O ciclo do marketing serve como um checklist, para que você possa conferir se os rumos do seu projeto de marketing escolar estão no lugar certo, e principalmente se você está direcionando-os para o lugar certo.

Em que ele consiste?

Destrinchando o Ciclo de Marketing

1. Pesquisa de Marketing

Começando de baixo, o primeiro passo é identificar quem são os pais “público alvo”  e então descobrir o que eles esperam de uma escola. Pense também nos futuros pais, aqueles que você ainda quer conquistar. É fácil deduzir coisas nessa área, mas realmente ajuda se você entrevistar e elaborar questionários com pontos-chaves e analisar suas necessidades e expectativas. Você deve também perguntá-los como descubriram sua escola e por quê.

2. Conhecendo as necessidades do marketing

O que sua escola faz que supre as necessidades dos pais que você espera prospectar? E mais importante: o que você ainda não faz? Escolas podem cometer o erro de deixar passar formas simples de atrair mais alunos – coisas como mudar a rota do ônibus escolar para atender mais alunos ou adicionar mais modalidades esportivas para contemplar alunos-atletas, por exemplo.

3. Desenvolver uma mensagem para a marca

Imagine que você tem dez segundos para falar da sua escola para futuros pais em poucas palavras. Não conseguiu? É hora de rever sua mensagem. As escolas tendem a repetir jargões: que cuidam de seus alunos, educam para o futuro, unem tradição à modernidade, entre outros. Essas ideias fazem sentido, mas o ideal é que o diretor ou gestor consiga dizer o que a escola representa em apenas algumas palavras, que aja como slogan baseado em algo completamente único.

4. Mostrar resultados

Escolher uma escola para seus filhos pode ser uma das mais importantes decisões na vida de um pai ou mãe. Apesar de um bom slogan ou um belo website chamarem a atenção primeiramente, não serão eles que farão os pais matricularem seus filhos na escola. Eles querem provas e histórias reais que comprovem a qualidade da escola e como ela pode ajudar seu filho a atingir suas aspirações.

Para uma escola é imprescindível que as histórias de sucesso e os resultados de seus alunos e ex alunos dêem credibilidade àquela mensagem citada no passo acima. Dê aos pais a chance de conhecer a estrutura tão encantadora que você divulgou no site, os casos de sucesso de ex alunos que agora estão no mercado de trabalho, as conquistas dos times de esportes em ligas regionais, os projetos que deram certo.

5. Usar a mídia a seu favor

Uma vez que as histórias de sucesso estão garantidas, é hora de mostrá-las ao público. Comunique-as para a comunidade escolar e para os futuros pais de acordo com a pesquisa de marketing que você fez no passo 1: direcione as histórias para a mídia que os futuros pais vão ler. Quais os lugares que ele frequenta para que você deixe panfletos e posters lá? Quais os canais de televisão eles assistem? Quais as mídias sociais eles acessam? Seja prático e objetivo.

6. Garantindo o engajamento

O último passo é uma continuação do primeiro: é sobre como você vai levar os pais além do interesse pela escola até a matrícula de fato. Escolas precisam manter contato com os pais, e ajudar prontamente qualquer pessoa que se interessar pela sua proposta, seja num evento ou ocasião casual. A divulgação através de pessoas, na oralidade, pode ser tão efetiva quanto propagandas.

Confira dois artigos do blog da Escribo que podem lhe ajudar nesse passo:

Vamos formar uma grande rede de colaboração entre gestores no país.

Já testou alguma estratégia semelhante ao ciclo de marketing? Conte pra gente!