fbpx

Sabemos que professores não são treinados ou selecionados para entreter, como comediantes. Mas também sabemos o quão positivo fica o clima da sala de aula quando o professor é divertido.

Os professores mais marcantes nas nossas vidas pós escola costumam ser aqueles que tornavam os dias mais agradáveis com seu bom humor.

Aprender e se divertir ao mesmo tempo contribui para que apreendamos a informação e coloquemos o aprendizado em uso no dia a dia e em situações como testes e provas.

O ex presidente da Association for Applied and Therapeutic Humor (Associação para Aplicação do Humor Terapêutico) e diretor do Institute for Emotionally Intelligent Learning (Instituto para Inteligência Emocional e Aprendizado), Ed Dunkelblau, afirma que no ambiente altamente competitivo e cheio de expectativas em que vivemos atualmente, todos na escola se beneficiariam se o humor fosse parte integrada da pedagogia:

“Testes cada vez mais difíceis, desafios financeiros, novas demandas surgindo para os educadores… O humor constrói uma relação de aprendizado através da alegria confluente entre o coração e a cabeça, que ajuda a lidar com esses desafios.”

Além disso, ele afirma que muitos estudos acadêmicos provam que o humor reduz o estresse e a tensão na sala de aula, aumentando a retenção das informações e promovendo um entendimento criativo.

“Mas acima de tudo, o humor trás um senso de prazer e apreciação do estudo, criando uma experiência positiva comum à todos os alunos, compartilhada também com os professores”, afirma Dunkelblau.

Abaixo você pode conferir 10 dicas para um melhor uso do humor na experiência diária de aprendizado:

chalk-672187_640

10 Estratégias para Usar o Humor na Sala de Aula

Ainda que para você utilizar o humor seja um desafio, existem algumas atitudes que você pode usar para aliviar a carga de estresse e dissipar as nuvens cinzas na sala de aula. É importante lembrar, também, que sarcasmo não é o ideal para a sala de aula. O humor para crianças não deve machucar ninguém.

1) Ria de si mesmo

Quando você fizer algo bobo ou errar alguma palavra, aponte isso e ria à respeito. É melhor rir com os alunos! Essa atitude também mostra que tudo bem se você errar, o importante é aprender com os erros.

2) Adicione elementos engraçados em provas, tarefas de casa e trabalhos

Pode ser uma anedota, um desenho, uma tirinha. O interessante é quebrar a tensão.

3) Use quotes na sala de aula

Alguns professores colocam frases divertidas ou inspiradoras no quadro para os alunos todos os dias. Você pode fazer isso e também espalhar pela sala papéis na parede com quotes engraçados ou frases de bom humor. Outra estratégia é estimular os alunos a colarem suas frases legais também.

4) Tenha uma pasta com tirinhas

Pode ser online, no Pinterest, ou física, de forma que ela possa rodar pela sala nos intervalos para os alunos lerem.

5) Promova o “Dia da Piada”

Você pode pegar a sexta feira, dia mais tranquilo, e pedir para os alunos compartilharem piadas, histórias divertidas, anedotas, tirinhas ou charadas com os outros no fim do dia. (Faça questão de analisar as piadas antes, lógico)

6) Use o humor em atividades escritas

Use uma aula para conversar sobre os recursos do humor, o que é importante, os limites deste. Quando eles entenderem melhor o que causa o efeito do riso, saberão colocar no papel uma forma de escrita mais descontraída.

7) Diversão no guarda roupa

Uma vez por mês, convoque-os à trazer um chapéu engraçado para a sala, virem com meias trocadas ou outros acessórios engraçados para usar na hora do recreio.

8)  Promova a criatividade

Leve tirinhas sem nada escrito nos balões ou fotos sem legendas e faça uma atividade onde eles deverão criar o próprio diálogo ou legenda de forma divertida e bem humorada, em duplas ou individualmente. Isso estimula a criatividade e o pensamento positivo.

9) Livros engraçados

Peça que os alunos tragam para a sala de aula livros divertidos e pergunte por que ele gosta daquela obra ou o motivo para o livro ser engraçado, pedindo exemplos e resenhas.

10) Use jogos

Você já ouviu falar sobre a gamificação? Aprenda neste artigo como as crianças podem aprender brincando:

Conclusão

O professor de psicologia Maurice Elias, autor dessa lista de dicas, conclui que aqueles que riem duram mais. Aqueles que não, pagam um preço. Por isso, não façamos as crianças pagar pelo mau humor da sociedade!

“Vamos colocar mais diversão na escola e aproveitar isso. Não precisa nem ser uma gargalhada – apenas um sorriso já ajuda. É hora dos educadores levarem o humor mais a sério.” Maurice Elias

Como você usa o humor na sala de aula? Compartilhe conosco!