fbpx

A divulgação da sua escola na mídia local (ou até nacional) parece um sonho?

Para muitos administradores escolares, essa seria a oportunidade perfeita para divulgar a mensagem da escola. Mas muitas vezes essa se perde em virtude da dificuldade que os gestores encontram em lidar com a mídia, seja por falta de experiência ou por más experiências com a imprensa.

Mas a verdade é que investir tempo para lidar com jornalistas pode ser muito vantajoso para fortalecer os relacionamentos com a comunidade local e conseguir divulgar boas histórias sobre a escola.

Repórteres estão sempre buscando a verdade – e também fontes de informação que ajudem a enriquecer seus trabalhos.

É o que afirma Barbara Knisely, porta voz da American Association of School Administrators:

“É importante aprender a receber os repórteres em vez de temê-los. Muitas vezes os gestores estão focados em outros trabalhos e deixam a comunicação em segundo plano, o que não agrega vantagens para a imagem da escola”

Em suma, diretores e administradores não devem temer a mídia, pois é através de noticiários e da televisão que a maioria das pessoas fica sabendo sobre o que acontece em suas cidades – daí a vantagem em engajar a escola na mídia.

Nora Carr, autora do livro “Telling Your Story: A Toolkit for Marketing Urban Education” (cujo título ainda não tem versão em português, mas pode ser traduzido para “Contando sua História: Um guia de Marketing na Educação Urbana), existem estratégias importantes que passam batido por muitos gestores escolares, que são regularmente usadas em outras empresas na hora de criar uma boa imagem e se relacionar com a mídia.

Pensando nisso, Nora ofereceu ao site Education World uma lista de dicas para desenvolver estratégias de marketing e estreitar relações com a imprensa.

10 dicas para a escola se relacionar com a imprensa

5636095832_61eb67fd8f_b

 

1) Tempo é mais importante que dinheiro

Construir uma relação com a mídia local demanda mais tempo do que aparentemente parece, então o ideal é contratar alguém para cuidar do departamento de relações públicas ou designar essa função à outro funcionário, caso o diretor não tenha disponibilidade para isso em meio às suas outras responsabilidades.

2) Faça amigos antes de precisar deles

Conheça bem os repórteres locais antes de querer emplacar uma pauta no jornal – ou antes que alguma crise aconteça na sua escola. A pior hora para conhecer um repórter é quando ele simplesmente aparece estacionado na frente da escola. Networking é importante nessas horas.

3) Seja cordial

Quando receber um ou uma repórter, sente lado a lado e converse de igual para igual, leve para conhecer a escola, pergunte sobre seus prazos, pergunte a melhor hora para ligar – pequenos gestos são importantes.

4) Retorne suas ligações prontamente

Jornalistas trabalham com prazos. Mesmo que você não tenha a resposta para a pergunta em mente naquele exato momento, deixe-o ciente disso e diga que estará trabalhando em conseguí-la.

5) Honestidade é importante

Não espere que só porque você conseguiu noticiar algo bom para a mídia uma vez que ela irá ignorar sua escola quando algo ruim acontecer. Responda tudo com honestidade, independente da situação.

6) Seja prático

Não é necessário ir até as estações de TV no dia de hoje para emplacar uma pauta. A flexibilidade da mídia permite, agora, contato imediato através de emails, telefonemas e até redes sociais.

7) Deixe os funcionários por dentro de tudo

Uma equipe de profissionais bem informada sobre a história e o histórico da escola estará preparada para responder as perguntas de qualquer repórter.

8) Tenha pessoas fora do quadro de funcionários para falar, caso necessário

A visão de pessoas que não trabalham na escola podem ser bastante útil numa reportagem, pois poupa tempo da equipe e agrega credibilidade à mensagem. O interessante é ter alguém que seja familiarizado com a instituição de ensino e tenha, também, jogo de cintura para lidar com relações públicas.

9) Convide a mídia a conhecer a escola virtualmente

A maioria dos jornalistas investiga suas fontes através da internet, ou seja, é importante que o próprio site da escola e as redes sociais tenham um espaço destinado à mídia, como uma aba chamada “Sala de Imprensa” com o contato do departamento de relações públicas. Enviar Newsletters informativos direcionados especialmente para a imprensa também é interessante.

10) Busque ajuda em marketing com profissionais quando precisar

Caso necessário, entre em contato com coaches ou gestores de marketing locais para buscar dicas mais específicas ou negociar orçamentos para uma campanha de marketing. Isso pode ajudar na hora de falar com a imprensa.

Sua escola já saiu na imprensa? Como foi a reportagem? Não deixe de comentar conosco 🙂