fbpx

Uma das grandes vantagens do marketing digital é a possibilidade de testar qual mensagem consegue obter um maior e melhor retorno do público alvo – é o que defende o especialista no assunto Mike Leembruggen. Outro benefício, principalmente para os diretores e gestores escolares, é a facilidade em alcançar e prospectar este mesmo público, visto que as redes sociais e emails são diariamente acessadas por vários pais e tutores de alunos em potencial.

A questão é: se a mensagem da escola possui maneiras efetivas de ser entregue através do marketing digital, por que nem sempre ela atinge o resultado esperado? Mike afirma que quando as escolas não conseguem os resultados esperados, muitas vezes pecam em dois quesitos:

Não definem pontos fortes efetivos na mensagem:

Nas propagandas, as escolas tendem a dizer os mesmos jargões: que cuidam de seus alunos, educam para o futuro, unem tradição à modernidade, entre outros. Essas ideias fazem sentido quando o diretor está conversando com pais de futuros alunos numa visita de prospecção na instituição de ensino, ou numa conversa informal sobre escolas entre famílias – mas tais conceitos não podem ser considerados o diferencial numa campanha de marketing digital. É preciso desenvolver campanhas baseadas em algo realmente único, diferente, de preferência que apenas a sua escola tenha alcançado. Algo que chame atenção, como por exemplo, um feito que a instituição atingiu ou uma conquista de seus alunos que tenha se destacado e recebido reconhecimento externo.

Tentam falar tudo em uma só mensagem:

Outro problema encontrado pelo especialista é quando os diretores ou gestores encontram-se tão empolgados em exaltar as qualidades da escola que acabam poluindo a mensagem da campanha, fazendo com que ela não seja marcante por conter muitas informações. O ideal seria lançar uma campanha de cada vez, dizendo uma coisa em cada uma, do que uma campanha muito grande tentando impressionar com todos os pontos fortes ao mesmo tempo.

Hajam vista esses dois pontos, o próximo passo é converter a mensagem em poucas palavras. Depois de bem desenvolvidas, as campanhas devem ser veiculadas pelas redes sociais e principalmente por e-mail, através de mailings (listas enviadas periodicamente), uma vez que e-mails frequentes ajudam à manter a imagem da escola na mente dos pais – criando confiança e laços mais estreitos entre a instituição e as famílias.

E a sua escola, já tem uma estratégia de marketing digital definida?